top of page

Estágios da Profissão de Ilustrador de Livros Infantis

Atualizado: 19 de jun. de 2023

Várias pessoas me escrevem perguntando como se tornar ilustrador. Para algumas que já desenham ou estudam artes, é mais fácil compreender que decisões tomar e o que devem fazer para chegar ao seu objetivo profissional. Algumas me escrevem também: como começar?


Quando eu comecei a pensar em ilustrar, a minha única intenção era fazer uma faculdade de artes. Pensei que isso seria suficiente. Porém, depois que comecei a realmente trabalhar com ilustração, vi que há muitos outros aspectos a serem explorados. A faculdade prepara você de forma técnica, mas não ensina a divulgar e vender suas ilustrações, nem mesmo na parte comercial, financeira e fiscal da profissão.


Na verdade, não ensina nem como é o processo para publicar sua ilustração em um livro!


Em alguns países, existem instituições que ensinam especificamente para ilustração de livros infantis. Aqui, geralmente fazemos faculdade de artes e o resto vamos aprendendo por conta própria. E o pior é que nem sempre sabemos que caminho tomar, quais cursos fazer, e o que devemos aprimorar. Vai tudo na tentativa e erro (e também acertos! Ufa!).


Há várias áreas nas quais o ilustrador pode trabalhar. Assim como há várias especialidades em outras áreas, também há ramificações na área de ilustração. A minha área, como vocês já devem saber, é a de ilustração infantil, e é sobre ela que vou falar.


Para me tornar ilustradora, tive que aprender muito mais do que apenas desenhar. Como dispor as imagens numa página, como fazer um layout que favorecesse a história, como narrar visualmente, como enquadrar uma ilustração, quais cores utilizar, quais outras técnicas poderia utilizar, como apresentar o trabalho para o cliente, como fazer uma composição que explicasse melhor a mensagem, como preparar a ilustração para ser publicada...


Mas para tudo na vida, há um percurso, e vamos superando cada obstáculo, subindo cada degrau, superando cada etapa.


Ninguém aprende tudo de uma vez. Tudo na vida leva tempo e está dividido em etapas. Estudo, carreira, até mesmo quando fazemos um bolo, há etapas a seguir.


Por isso, fiz um esquema dos estágios da profissão do ilustrador. Acredito que definem bem cada momento da carreira do ilustrador de livros infantis e isso vai ajudar a planejar melhor a sua carreira.


Além de se tornar um profissional, acrescentei um quinto estágio, que engloba outras atividades que podem ser realizadas pelo ilustrador profissional. É o que chamei de especialização ou aperfeiçoamento.


Por que isso?


Porque o ilustrador pode também aprender a fazer um livro do início ao fim. A maioria não faz. Eu aprendi e em breve, vou ensinar isso também.


Há ainda a possibilidade de licenciar suas ilustrações para produtos. Existem algumas modalidades, como você licenciar para empresas diretamente, para sites onde o cliente escolhe a imagem e o produto é fabricado depois, e também quando você mesmo produz o seu produto e revende.


Outra ramificação é quando passa a ministrar workshops de ilustração, tanto para crianças quanto para adultos. Isso costuma ocorrer depois que o profissional já possui certa reputação dentro do meio.


Também pode trabalhar com murais e cenografia...


Como sempre digo aqui, é importante planejar. E creio que esquematizar esses estágios possa ser útil para quem deseja se planejar para sua carreira. Um objetivo, sem planejamento, não passa de um sonho. Porém, lembre-se:


Objetivo é um sonho com data para acontecer.

E se você tiver interesse em passar do estágio aspirante para ilustrador, pode se inscrever na Vivência do Ilustrador, que a realização desse sonho já está com data marcada. Basta você se inscrever do dia 10 ao dia 17 de outubro, que estará dentro do processo de aprender a ilustrar para um livro, no qual publicará sua ilustração e ainda terá 20 exemplares com ela publicada. Não é bom demais para ser verdade?



Entre na lista de espera, clicando acima.





201 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page