É tarde demais para me tornar ilustrador?

Atualizado: 9 de Dez de 2019

Ilustração para o livro “Curitiba de A a Z” – Relógio das Flores – O tempo passa e a vida se renova. Basta regar um pouco.

Algumas pessoas acreditam que, uma vez que já optaram por uma profissão, já não há mais tempo e que já estão “velhos” demais para mudar de carreira. Isso, na minha opinião, não quer dizer nada, pois o que importa é que você faça um trabalho que tenha público. Eu mesma fiz o Magistério, sou graduada em Administração pela UFPR, pós-graduada em Marketing e, somente após o meu primeiro filho, comecei a estudar Pintura na Accademia di Belle Arti di Venezia. E eu nem era a mais ‘idosa’ da turma. Tinha até gente aposentada estudando.


É verdade que demora um pouco pra gente se preparar para uma nova carreira. E, mesmo que tenhamos várias ferramentas à nossa disposição, e que a gente saiba a “linguagem” do mercado, o fato é que às vezes precisamos amadurecer nossa arte. E só faremos isso praticando. Por isso, mesmo que você esteja trabalhando em outra área, é essencial usar o seu tempo livre para desenvolver seu traço, pesquisar em que área gostaria de trabalhar, saber mais sobre o mercado, visitar feiras, conhecer pessoas da área…


Porém, como sempre digo, quanto antes começar, antes vai chegar no seu sonho.

Tem gente que começa aos 20 anos e consegue se realizar aos 40. Tem gente que começa aos 40 e consegue se realizar profissionalmente aos 42. Então, para mim, a idade não quer dizer nada.


A verdade é que, para conseguir chegar a algum lugar, temos que investir tempo naquilo que desejamos. Se você se planeja, vai ver que em pouco tempo consegue aprender tudo o que precisa para realizar o seu sonho.


Uma dica que dou é pensar no tipo de ilustração que gostaria de fazer e passar a estudar tudo que vê pela frente sobre o assunto. Aos poucos você mesmo vai percebendo que já sabe mais sobre o assunto e se sente mais confiante.


Outra dica é: não fique desesperado. A princípio, você vai achar que não sabe nada sobre o assunto, que todo mundo está um passo à frente, que você não tem chance. Mas a verdade é estamos todos aprendendo, mesmo quem já trabalha na área há muito tempo, e o mercado muda o tempo todo, e se começar agora, daqui a pouco estará atuando na área.


Outro fato é que, ilustradores que trabalham há muitos anos também se sentem perdidos às vezes. O mundo mudou. Existem ilustradores que ainda atuam, mas que começaram a trabalhar quando a internet nem existia ainda. Pode imaginar?


Às vezes um iniciante pode se sentir meio deslocado, pois não conhece o mercado. Mas você já parou para pensar em como se sentem os profissionais que tiveram que se adaptar às mudanças no mundo nos últimos anos? Será que eles também não se sentem deslocados?


Susan Boyle, que estreou no Britain’s got Talent, tinha 47 anos quando foi se apresentar. Já imaginou se ela tivesse se achado velha demais para isso ?


Grandma Moses foi uma artista americana, que pintava arte folk. Ela começou a pintar com 78 anos. Não é de admirar uma pessoa assim ? Ela morreu com 101 anos e tem obras em vários museus nos EUA.


Louise Bourgeois teve maior sucesso quando chegou aos 70 anos. Uma de suas esculturas esteve no Museu Oscar Niemeyer em 2019.


Aqui você pode ler mais sobre pessoas que fizeram sucesso após os 50 anos de idade. Histórias como essas nos inspiram!


Então, se você tem 20, 40 ou até 70, nunca é tarde para começar.


Sugestão de leitura:

Pense no que quer ser e faça seu plano. Divida em etapas. Nessa postagem eu falo mais sobre isso: https://www.ingridosternack.com.br/post/planejando-sua-carreira-como-ilustrador-ou-artista-para-aspirantes-a-ilustrador-ou-iniciante

84 visualizações